Logotipo do Console cor-de-rosa
tecnologia

CCDR gaming | Headset Razer Kraken USB – Unboxing e primeiras impressões

Fazia bastante tempo que eu queria um headset bom para poder não só jogar de “bouas” com meus amigos, como também gravar gameplays. Eu sempre pedia indicações para meus amigos mas eles sempre me passavam headsets muito caros e que não compensavam pra mim, afinal o ccdr gaming ainda é muito pequeno!

Até que tive a oportunidade de pedir esse Razer Kraken de fora e ele acabou saindo bem barato! :) No vídeo eu abri ele com vocês e dei algumas impressões sobre a qualidade do som e do microfone, vem ver! :D

Se você gostou do vídeo, não esquece de dar o like e de se inscrever no canal!

Por que Razer Kraken?

Como expliquei anteriormente eu não conhecia nenhuma outra marca (pra ser sincera) e como sempre indicaram muito bem a Razer Kraken por onde já passei, acabei optando por ela mesmo.

Faz 2 semanas que estou usando ele e não me arrependo! Mas ressalto que paguei menos da metade no preço comprando de fora do que se comprasse aqui, acho que ele não vale o valor que cobram aqui no Brasil! :~

Razer Kraken USB

Primeiras impressões

Eu nunca tive um headset muito bom e não sei se isso pode ter me influenciado pra ter achado o som do da Razer Kraken impressionante, mas achei! Bem limpo, com graves, agudos bem definidos e ótimo surround! :)

Por outro lado eu não me impressionei tanto assim com o microfone. Não sei, talvez seja isso mesmo que se espera de um headset, vários amigos me disseram que mic bom mesmo é dó de microfone profissional, mas mesmo assim acho que o som do microfone deveria ser um pouco mais suave. O lado bom é que a receptividade dele é ótima e praticamente não entra nenhum ruído! ;)

Anna Larissa do Console cor-de-rosa usando o Razer Kraken USB

Valeu a pena?

Sim! Mas não sei se valeria a pena se eu tivesse o comprado aqui no Brasil. Paguei R$200,00 nele na amazon da França e aqui no BR ele custa numa média de R$300,00 a R$400,00!

Estou bem feliz com a compra e junto dela vem muitos gameplays por aí. :D ♥

Até a próxima! ;*

games

CCDR gaming | #1 Joga feito mulherzinha: Jogando escondida na locadora

É com grande prazer que hoje eu trago o mais novo quadro do CCDR gaming, o Joga feito mulherzinha. Toda menina que um dia se encantou pelo mundo dos videogames provavelmente já passou por alguma dificuldade para ter acesso aos mesmos! :~

As dificuldades de desejar um game no natal e acabar ganhando uma Barbie ou até mesmo o fato de ter que provar que é boa, o tempo todo em TODOS os jogos, esquecendo o principal motivo pelo qual eles foram inventados: pra se divertir!

Nesse quadro eu vou papear com várias garotas sobre tudo que elas superaram para poder curtir um bom jogo e para mostrar que jogar feito mulherzinha é uma coisa f*da SIM! :)

Se você gostou do vídeo, não esquece de dar o like e de se inscrever no canal!

Convidada de hoje: Mari do blog Modo Meu

Para começar o quadro novo com o pé direito eu chamei a melhor amiga que o mundo blogueiro me deu, a Mari! ♥ Ela é designer, já tem o Modo Meu há vários anos e até hoje guarda um Nintendo 64 na estante.

Espero que vocês curtam bastante esse quadro novo e não esqueçam de me dar sugestões sobre quem vocês querem que apareça por aqui nos próximos vídeos! :D

Até a próxima! ;*

comida

Os macarons franceses da Ladurée ♥

Apesar de ser cearense da gema o meu doce favorito é o macaron. O prazer de morder a casquinha crocantinha por fora e a cremosidade de dentro me conquistaram desde a primeira vez em que provei! *-*

Uma das minhas melhores amigas, Marina, foi à França para as festas do final de ano e desde antes dela sair aqui do Brasil eu já enchia pacas o saco dela pra trazer macarons diretos de Paris pra mim! xD

Assim que ela chegou ao Brasil, me surpreendeu com uma caixinha da Ladurée, gente, LADURÉE! ♥ Pra quem não conhece, a Ladurée é como se fosse uma grife de sobremesas, provavelmente uma das mais conhecidas de Paris.

Detalhes lindos em tudo

Tudo é cheio de detalhes e aromas, a embalagem tem esse verdinho menta (LINDO), a caixinha tem dourado na impressão e por dentro e ao abrir a caixa sobe um cheirinho maravilhoso de amendoas. :)

Os sabores

Os macarons que a Marina trouxe para mim foram de uma edição especial de perfumes e GENTE, ao dar uma mordida e fechar os olhos é como se você estivesse vendo e sentido as rosas e flores que foram utilizadas na produção dos doces, é maravilhoso! *-*

Mas calma, se você não curte sabores muito exóticos, lá também tem macarons de baunilha, chocolate, cappuccino e vários outros sabores tradicionais!

Diferente de muitos doces em que você só sente o gosto do açúcar, no macaron francês é possível degustar e sentir todos os ingredientes utilizados na produção do mesmo! ♥

E quanto custa essa brincadeira aí?

Como eu disse no início a Ladurée é considerada uma grife de doces e os produtos de lá não são tão baratinhos. Uma caixinha como esta que comporta em média 10 macarons pode sair por 20 euros ou mais.

Mas vale a pena?

Ir à Paris e não comer macarons é como visitar Fortaleza e não provar das tapiocas ou dos carangueijos. Apesar de ser um doce nascido na Itália, o macaron é um símbolo da culinária francesa e vale a pena sim, pelo menos uma vez você experimentar. :)

Até a próxima! ;*