Oscar 2016 | Conheça os favoritos

Na quinta-feira (14/01) finalmente saiu a lista dos indicados ao Oscar 2016 e para vocês que acompanham o Console Cor-de-Rosa desde o começo, sabem que no ano passado eu já fiz um post falando sobre os principais filmes indicados (link). Esse ano não poderia ser diferente, separei os principais longas que estão concorrendo na categoria de melhor filme, e também animação ( esse ano temos um filme brasileiro concorrendo :D).

O Oscar esse ano promete grandes emoções, Leonardo DiCaprio com grandes chances de levar a primeira estatueta para casa, filmes como Mad Max podem dar ao Diretor George Miller um reconhecimento pela sua obra numa disputa acirrada com outro diretor de peso, Ridley Scoot e a sua busca pela sobrevivência em Marte, com The Martian, ou pode ser mais uma vez o ano de Iñárritu com o dramático e tenso, O Regresso.

OSCARS_2016-CONSOLE-COR-DE-ROSA

As categorias principais ressaltam Leonardo Di Caprio em O regresso, filme do Diretor que já ganhou o Oscar ano passado por Birman, Alejandro Iñárritu, agora ele trouxe para as telas o drama de um guarda da fronteira deixado para morrer após um ataque de urso, numa batalha contra as forças da natureza desbravando uma America ainda não explorada num ambiente gelado e hostil.

O filme que talvez finalmente dê o Oscar para Leo por uma atuação sofrida e silenciosa, tem um roteiro com estilo que costuma agradar a academia, usando o recurso de autoconhecimento numa jornada de vingança e superação.

Outro destaque com maior número de indicações é Mad Max: a Estrada da Fúria, filme de George Miller que declarou recentemente abandonar a franquia por achar muito cansativo a produção desse filme. Ele foi indicado para inúmeras categorias técnicas e pelas categorias de melhor diretor e melhor filme.

Você pode ler aqui (link) a critica que eu fiz para esse filme que promete levar muitas estatuetas pela suas imagens de encher os olhos e uma produção que não economizou em proporcionar um espetáculo visual.

Perdido em Marte é outro filme que roubou a cena, premiado no Globo de Ouro como melhor filme em Comedia e ou Musical (?), o drama espacial adaptado do livro de mesmo nome, traz Ridley Scoot (Diretor) de volta aos filmes espaciais.

Desde Prometheus, Ridley não nos traz nada de especial em dramas no espaço, mas com Matt Damon desbravando e colonizando Marte podemos ver uma chama do que esse diretor faz de melhor, nos deixa aflitos pela sobrevivência buscando uma saída de situações impossíveis.

03_OSCARS_2016-CONSOLE-COR-DE-ROSA

Spotlight talvez seja o filme mais polêmico da lista por ser um drama que coloca os segredos da igreja em xeque, baseado em uma história verídica de uma equipe de jornalistas investigando casos de pedofilia que são ocultados pelo Vaticano.

O drama que expõe uma dura realidade que causa um certo desconforto por tratar de um assunto nada bem visto pelos religiosos, mas tenho certeza que filmes assim nos fazer ter momentos de reflexão valiosos.

Esse ano ficaram de fora muitos filmes e atores bons que deveriam concorrer nas categorias de atuação pelo desempenho, como Idris Elba em Beast of no Nation, uma produção da Netflix sobre grupos de guerrilha na Africa que levam crianças para guerra.

Foram esnobados também Will Smith em Um homem entre gigantes e Michael B. Jordan por Creed, o diretor Quentin Tarantino também ficou de fora com seus Oito Odiados, e a atriz Daisy Ridley que foi descoberta por J.J. Abrams para viver Rey em Star Wars o Despertar da Força também foi deixada de lado da premiação. Essa não é a primeira vez que a academia deixa de lado grandes atores negros que teriam grandes chances de levar a estatueta.

01_OSCARS_2016-CONSOLE-COR-DE-ROSA

Esse ano nós temos um motivo para torcer para o Brasil na categoria de animação. Concorrendo junto com filmes produzidos pela Pixar e pelo studio Ghibli, está o filme brasileiro O Menino e o mundo, mas o favorito claro é Divertida mente, que conta a história dos sentimentos dentro da cabeça de uma menina, misturando a complexidade das nossas lembranças e os sentimentos que guardamos com uma comedia inteligente.

Esse filme também concorre na categoria de roteiro original, o que mostra que a Pixar voltou com tudo esse ano, mesmo com O bom Dinossauro tendo ficado de fora da premiação.

A trajetória do Estúdio Ghibli em criar animações emocionantes e inspirar todos, inclusive a própria Pixar, sempre fez com que seus filmes tivessem lugar na premiação mas com Hayao Miyazaki aposentado, uma grande lacuna se forma no futuro dessa produtora que já nos presenteou com filmes memoráveis como Meu amigo Totoro, Ponyo e A viagem de Chihiro. Quando Marnie Estava Lá de Hiromasa Yonebayashi, é provavelmente o último filme desse estúdio, então vale a pena ser assistido e apreciado por todos pois com certeza vai lhe emocionar.

02_OSCARS_2016-CONSOLE-COR-DE-ROSA

E claro o nosso novo queridinho, o filme dirigido por Alê Abreu conta com muita música, traços simples e muitas cores em uma jornada de autodescoberta desse menino que foge da sua aldeia em busca de seu pai, vendo os problemas do mundo.

Um filme belíssimo que critica problemas reais através de uma narrativa que faz crianças e adultos se emocionarem e nos deixa orgulhosos de ter um representante nacional concorrendo entre os grandes do cinema.

Esses foram apenas alguns dos filmes que com certeza serão os destaques da premiação que acontece dia 28 de Fevereiro. Não se esqueça de ficar ligado aqui no blog para mais informações e nossa lista com os nossos favoritos ao Oscar.

Até mais. :)